Fototerapia

O uso da luz como agente terapêutico deve-se ao fato de que em condições especiais, a luz é capaz de modular respostas metabólicas nas células e tecidos, estimulando ou inibindo processos.

As principais pesquisas desenvolvidas são:

 Estudos clínicos sobre o efeito sinérgico da laserterapia e do ultrassom para o tratamento da artrite e da artrose

 Estudos clínicos sobre o efeito combinado da laserterapia e do exercício físico na obesidade

 

 

Equipe de Fototerapia que atua nas pesquisas clínicas realizadas na Santa Casa de Misericórdia de São Carlos (Agosto/2017).